• Georgina Morelli Matos

O que a Anitta me ensinou sobre empreendedorismo no Empreende Brazil Conference

No último sábado, dia 06 de julho, foi a edição 2019 do Empreende Brazil Conference, evento que reuniu 3.500 empreendedores em um dia inteiro de conteúdos inspiradores e muito networking.

Tive o prazer de participar do evento e me surpreender com a participação da cantora Anitta. Isso porque, por trás da figura pública que conhecemos das mídias, existe uma empreendedora estratégica, focada e muito bem sucedida.

Anotei muitos dos insights da participação dela no evento e quero compartilhar com vocês.


1 Criar o seu próprio caminho

Vivemos um momento de muita "receita pronta" para ter sucesso. Mas a verdade é que se os sonhos são nossos, com base na nossa bagagem e nossas capacidades, é justo afirmar que nós devemos buscar conhecimentos e experiências de outras pessoas, mas nós temos que criar o nosso próprio caminho do sucesso. A Anitta fala disso quando começou a buscar cantar em público, ela criou sua própria forma de se destacar e ser chamada para cantar nos primeiros palcos da carreira dela.


2 Assumir riscos pelo que você quer

Esteja preparado para assumir riscos por aquilo que você quer. Isso porquê, muitas vezes vamos ter que abrir mão de algumas coisas, para conseguir outras. Ou mesmo, ao escolher um caminho, sabemos que ele tem o bônus e também o ônus.

Anitta abriu mão de uma carreira em uma grande empresa, justamente num momento em que a família dela precisava da grana. Trocou o certo pelo incerto, na certeza de que queria alcançar. Você está disposto a correr todos os riscos e fazer todos os sacrifícios?


3 Ter claro onde você quer chegar

Alice no País das Maravilhas fala: para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve. Se você não sabe onde quer chegar, vai deixar que a vida e os outros decidam por você. Assim, você viverá o sonho dos outros, esperando se realizar no caminho. A Anitta deixou claro em sua fala no evento que está trilhando o exato caminho que ela planejou e que espera, em alguns anos, já parar de cantar e dedicar-se apenas ao mundo empresarial no mercado da música. Alguém tem dúvida de que ela vai chegar lá?


4 Criar diferentes produtos para o público consumir

A cantora explicou que ela encara ela mesma como um produto, de forma que ela cria subprodutos para diferentes situações. Ela tem ações para público brasileiro, internacional, latino e, ainda, shows específicos para família, crianças, baladas. Essa variação faz com que ela consiga promover uma identificação do público maior e satisfação de quem a contrata.


5 Organizar processos e comunicação

Para garantir que todos estejam sintonizados com o que a 'empresa' quer, a Anitta comenta que organiza muito bem a comunicação, setorizando a equipe por aspecto da empresa (financeiro, jurídico, imprensa), e deixa claro como deve ser a comunicação em cada um desses setores. Sem contar que muitos desses setores estão duplicados em países diferentes, para que tenha sempre alguém cuidando de cada aspecto da empresa independente do local onde ela está focando sua "venda". Isso só ratifica o quanto a visão dela é tão estratégica quanto criativa, ela sabe o poder das ferramentas de administração, de criar e definir processos, até para que ela possa delegar e focar nas atividades em que a dedicação dela gera mais lucro.


6 Sempre é possível "dar um jeito" de resolver problemas

Anitta fala de maneira irreverente que muitas vezes que tem ideias fora da caixa, ou mesmo quando tem algum problema, que fala para sua equipe: "Dá um jeito!". E acredito que sempre é possível dar um jeito, concordo que é sempre possível arrumar uma forma de realizar as coisas da melhor forma possível. Por isso é importante planejar. Planejar é arrumar formas de chegar no objetivo. Apesar de parecer autoritário, dizer para "dar um jeito", interpreto que é uma forma de dizer "não fique justificando ou empacado, arrume uma forma de fazer funcionar".


7 Cometer falhas faz parte do processo de fazer acertos

Perguntaram para a Anitta, se ela lembrava de alguma coisa que ela havia feito, que tinha se arrependido, ou que tinha feito e não tinha dado certo. Ela respondeu que muitas coisas! Que faz parte do processo tentar coisas diferentes e elas não terem o resultado esperado. Ela ainda acrescentou que para ela, se não saiu exatamente como ela projetou, já deu errado.

Sabemos que, na prática, não precisamos ter a régua assim tão alta em relação às ações que empregamos, mas faz parte do processo, tentar, insistir, acertar e, porque não, errar.


8 Não se iluda com um sucesso momentâneo, mantenha o foco no objetivo sem deslumbramento.

Claro que temos que celebrar as conquistas do nosso caminho ao objetivo. É importante que pontuemos as conquistas que estão nos levando mais perto do tal "ponto B". Por outro lado, evite se deixar levar por um sucesso momentâneo.

A Anitta falou disso ao explicar que, ao estourar no mercado, não mudou imediatamente sua tabela de preços. Ela precifica pelo seu produto e não se deixa levar pela influência da mídia. E isso faz com que seus parceiros de eventos se mantenham parceiros, em um clima positivo até para lidar com possíveis imprevistos.

Manter o pé no chão, é também não antecipar a realização do objetivo e continuar focado nele.


9 Admire o palco e aprenda com o backstage

Com a fala dela no Empreende Brazil Conference, pude perceber que por trás de todas as ações e lançamentos que vimos na carreira dela, há escolhas, planejamento e estratégia. Há por trás uma empresária se articulando para alcançar seus objetivos e, sinceramente, não vi ela parecer triste ou reclamar com o resultado até então.

Por isso, ao ver um profissional ou empresa que você admira, muito mais do que assistir ao show, é importante estar atento às estratégias do background, para entender como o sucesso dessa pessoa chegou.

7 visualizações

© 2018 NOVE TRES

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn